<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, novembro 28, 2005

Vítor Baía: «Possibilidade de o Jorge sair marca-nos a todos»

O caso que envolve a mais que provável saída de Jorge Costa acabou por dominar o encontro de amigos que Vítor Baía promoveu, ontem à tarde, no Museu de Arte Contemporânea, em Serralves, no Porto, para apresentação da sua autobiografia.

Como se compreende, o guarda-redes do FC Porto lamenta a situação em que se encontra o capitão, atendendo à relação de amizade que os une desde há muitos anos. “A possibilidade de o Jorge sair marca-nos a todos, particularmente a mim, porque temos uma vivência em comum, vários títulos e muitas emoções”, começou por revelar Baía, acrescentando o facto de a eventual saída do experiente defesa-central ser uma perda para o grupo. “Sentimos sempre falta dos grandes jogadores, embora os companheiros que têm jogado também estejam bem. Mas ninguém me pode levar a mal se falar do Jorge de maneira diferente, até porque temos afinidades.”

Considerando que Jorge Costa é “um jogador brilhante” e que “ficará para sempre na história do FCPorto”, Vítor Baía compreende que o amigo pretenda resolver a sua situação o mais rapidamente possível.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?