<$BlogRSDUrl$>

sábado, julho 02, 2005

"Espero que McCarthy fique"

Co Adriaanse chegou muito carregado e com pressa mas acabou por responder aos muitos jornalistas que o aguardavam no aeroporto Francisco Sá Carneiro. Ainda que de forma telegráfica, acabou por falar sobre todos os temas "quentes". Primeiro sobre Kromkamp, como se pode ler na página 3, com quem ainda sonha para o lado direito da defesa, e Cicinho, o lateral brasileiro que acusou de só se preocupar em atacar. Depois, formulou o desejo de contar com McCarthy e admitiu que Wil Coort é uma hipótese para treinar os guarda-redes.

O novo técnico portista passou as últimas semanas de férias - desde que regressou à Holanda após a apresentação oficial no Estádio do Dragão - a trabalhar. Elaborou vários dossiers e assistiu na televisão a muitos jogos da equipa para que na segunda-feira tudo esteja operacional. "Preparei-me para sair da Holanda e para o trabalho que vou começar no FC Porto. Vi alguns jogos como por exemplo o Brasil contra a Argentina na final da Taça das Confederações, o campeonato do Mundo de sub-20 que se realizou na Holanda e também alguns jogos do FC Porto, naturalmente", começou por dizer.

Entretanto, depois de tudo o que já foi escrito e dito sobre a "novela" McCarthy faltava conhecer a posição oficial do treinador. E Co Adriaanse não contornou a questão, acabando por dizer que gostava de contar com o avançado para a próxima temporada. Só que, como se sabe, não é esse o desejo do jogador. "O McCarthy é um excelente jogador. Conheço-o desde os tempos em que estivemos juntos no Ajax e espero que ele fique no FC Porto", referiu, garantindo que conhece a posição do jogador apenas pela Imprensa. "Ainda não falei com ele, mas vou ter tempo para o fazer", frisou.

O FC Porto inicia segunda-feira a nova época e a primeira grande tarefa de Co Adriaanse será seleccionar os jogadores que vão para estágio, numa primeira etapa, e depois os que vão compor o plantel. Em relação ao número de atletas que o vão acompanhar na Holanda adiou a resposta, mas assegurou que depois do estágio terão de ficar apenas 24. E quanto a entradas, o lateral-direito poderá não ser o único. "Se puder tornar a minha equipa mais forte será excelente", sublinhou.

Um dos reforços que está confirmado é o brasileiro Anderson. Um jogador de quem Co Adriaanse não tem muitas referências. "Ainda não o vi jogar e como tal não conheço as suas capacidades. Mas deve ser um grande jogador já que o contrataram com apenas 17 anos", referiu.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?