<$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, maio 20, 2005

«Não estou agarrado a um lugar», diz José Couceiro sobre possível saída

José Couceiro abordou esta sexta-feira notícias que dão conta do interesse do F.C. Porto em Co Adriaanse, que está muito perto de ser o treinador dos azuis e brancos para a próxima temporada, depois de ter feito um excelente trabalho à frente do AZ Alkmaar. «O F.C. Porto, desde sempre, manifestou interesse em que eu continuasse», começou por referir em vésperas do jogo com a Académica.

«Entendo que esse assunto só deverá ser discutido a partir de segunda-feira», sublinhou, pois os dragões ainda estão na corrida pelo título. «Não estou agarrado a um lugar, fui eu que pedi que o meu contrato tivesse determinado tipo de condicionantes», destacou, sem ser preciso nessa matéria. «O meu problema não é financeiro, é ser um profissional sério e defender o clube onde estou».

O treinador do F.C. Porto pode ser substituído por Co Adriaanse e também pode estar de partida para o Fenerbahçe, clube turco que pode estar interessado nos seus serviços. «É normal que neste clima de instabilidade possam surgir convites, mas, neste momento, não quero pensar em nada e tenho tentado adiar a decisão, porque o mais importante é ganhar à Académica. Tenho um convite do F.C. Porto», destacou José Couceiro.

Ainda a terminar este assunto, o técnico deixou um alerta: «O importante é ter capacidade de gerir a minha carreira da melhor forma possível. Não quero destruir a minha carreira. Eu vou ser treinador. Sinto-me bem no F.C. Porto, gosto do sítio onde estou e estou satisfeito».

This page is powered by Blogger. Isn't yours?