<$BlogRSDUrl$>

sábado, setembro 04, 2004

Fabiano: «Nunca forcei a saída»

Luís Fabiano fez as pazes com os adeptos do São Paulo negando as declarações pouco abonatórias do seu ex-presidente. O jogador regressa ao Porto na segunda-feira para começar a treinar com os novos companheiros, entre eles Pepe que estará apto para Braga

De corpo e alma no FC Porto, Luís Fabiano não esquece o seu ex-clube. "Não forcei a minha saída do São Paulo", esclareceu, ontem, o jogador à imprensa brasileira, em jeito de desmentido à acusação feita por Marcelo Portugal Gouvêa, presidente do "tricolor". O líder do São Paulo havia afirmado que tinha permitido a saída de Fabiano para o FC Porto porque o jogador "não queria continuar" no clube.

"Nunca estive insatisfeito no São Paulo", garantiu, continuando a sua defesa às acusações do ex-presidente: "Tive várias propostas e nunca forcei a saída. Até já estava conformado em ficar." Depois, o internacional brasileiro repetiu o que já tinha dito na sua apresentação no FC Porto relativamente ao facto de ter sido apanhado de surpresa quando lhe disseram que vinha para os azuis e brancos.

Luís Fabiano parte, amanhã, do Brasil rumo ao Porto para iniciar a sua integração no plantel. Numa entrevista ao programa "Globo Esporte" da brasileira Rede Globo, o jogador fez a sua despedida aos adeptos do São Paulo. Depois de se ter mostrado emocionado, o jogador não conseguiu conter as lágrimas. "Quero agradecer a todos os paulistas. A 'torcida' a gritar o meu nome no Morumbi vai ficar para sempre na minha memória. Talvez possa regressar um dia", desejou, revelando aquela que foi a sua maior tristeza na passagem pelo clube tricolor: "Fico triste por sair sem ganhar nenhum título."


This page is powered by Blogger. Isn't yours?