<$BlogRSDUrl$>

sábado, maio 22, 2004

Só lhe falta a Liga dos Campeões

Depois da Taça das Taças em 96/97, pelo FC Barcelona, e a Taça UEFA, em 2002/03, pelo FC Porto, Vítor Baía está bem perto de poder tornar-se no primeiro jogador português a conquistar os três troféus europeus. Para isso, terá de vencer a Liga dos Campeões, na próxima semana, o que seria mais uma proeza notável para o guarda-redes que mais jogos fez pela Selecção Nacional.

Para já, o titular da baliza portista já se pode orgulhar de pertencer ao restrito grupo de jogadores que tem no seu palmarés duas competições europeias diferentes. Além de Baía, só Luís Figo e Fernando Couto conseguiram tal feito. Os três têm em comum o triunfo pelos catalães em 96/97, numa equipa orientada pelo inglês Bobby Robson, e onde José Mourinho desempenhava as funções de treinador adjunto. Figo venceu ainda uma Liga dos Campeões pelo Real Madrid, ao passo que Couto arrecadou mais uma Taça das Taças pela Lazio de Roma e uma Taça UEFA ao serviço do Parma. Paulo Sousa tem também um currículo digno de registo, mas as suas conquistas ficaram-se pela Liga dos Campeões, onde levantou o "caneco" pela Juventus e Borussia Dortmund.

Só o trio que alinhou pelo FC Barcelona tem possibilidades de alcançar a proeza de vencer os três troféus, uma vez que a Taça das Taças deixou de se disputar no final da época de 98/99 e, como tal, mais nenhum português terá possibilidades de vencer a prova, entretanto, extinta. A Vítor Baía e Couto falta-lhes a Liga dos Campeões, ao passo que no palmarés de Figo ainda não existe nenhuma Taça UEFA.

Se, ao que tudo indica, defender a baliza do FC Porto na final de Gelsenkirchen, Vítor Baía fará o 94º jogo da sua carreira em provas europeias (aqui incluiu-se a Supertaça europeia, frente ao Milan). Só pelo FC Porto são 85, o que faz dele o jogador com mais encontros disputados por um clube português nas competições da UEFA de clubes. Uma mais-valia para a grande final.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?