<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, maio 18, 2004

Lucílio Baptista voltou a ser criticado por Mourinho

Definitivamente, o árbitro de Setúbal Lucílio Baptista não caiu no goto de José Mourinho e isso ficou bem patente nas declarações que o técnico proferiu no final do jogo de anteontem, com o Benfica. Esta não foi a primeira vez que o técnico portista se queixou das arbitragens do juiz setubalense.

Na temporada passada, quando o FC Porto foi vencer a Alvalade (1-0), no final do jogo, apesar de o ter feito de forma mais contida, Mourinho alertou para o facto de Lucílio Baptista não ter assinalado duas grandes penalidades a favor do FC Porto. No ano seguinte, ou seja, já esta temporada, esse mesmo árbitro voltou a dirigir o Sporting-FC Porto e, aí sim, Mourinho não se poupou nas críticas. Recorde-se que, nesse jogo, Lucílio Baptista apontou duas grandes penalidades contra os azuis e brancos e o técnico portista lembrou as que tinham ficado por marcar, no ano anterior, por esse mesmo juiz, mas a favor do FC Porto. "No ano passado ficaram quatro grandes penalidades por assinalar", disse Mourinho, acrescentando mais dois lances àqueles que havia referido no final do jogo de 2002/2003, que os dragões venceram por 1-0.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?