<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, abril 15, 2004

José Mourinho: «Apenas meia dúzia em alto rendimento»

Mourinho não disfarçou o desgosto pelo fraca qualidade do jogo e não se fez rogado para elogiar apenas meia dúzia dos seus jogadores.

"Foi um jogo sobre o fraco. Tendo em conta que jogou o primeiro com o quarto classificados, isto deveria ter sido melhor. Até pela estatística, dado que somos líderes e o melhor ataque do campeonato e o Nacional o melhor ataque em casa, o jogo deveria ter rendido mais. Assim, fica como candidato a um dos piores jogos da SuperLiga nesta época."

Ainda em números: "Tivemos uma boa oportunidade para marcar e eles outra. Considero que ganhámos um ponto porque este jogo estava em atraso. Temos agora cinco pontos de avanço sobre o mais directo perseguidor e faltam apenas quatro jogos para terminar."

Mas continuou a "descascar": "Também foi um jogo com muitas faltas, umas sem quê nem porquê e outras muito rudes. O árbitro guardou os vermelhos e ficou-se pelos amarelos. Num jogo pobre, o árbitro esteve ao nível das duas equipas."

As alterações que o técnico produziu na sua formação pouco ou nada trouxeram de novo, mas o verdadeiro problema, segundo Mourinho, esteve em parte da equipa titular: "Tivemos um guarda-redes, quatro defesas e um ou dois médios a jogar com altos níveis de concentração. Ou seja, apenas meia dúzia e em alto rendimento, não facilitando. Foi graças a eles que ganhámos um ponto. Trabalhámos no sentido de que assim não seja e os jogadores estejam todos muito motivados e a render o máximo."

O técnico do Nacional, Casemiro Mior, considerou que a sua equipa fez tudo para ganhar, mas a apreciação de Mourinho é de oposição: "É verdade que as alterações que fiz não trouxeram nada de novo ao jogo. Mas foi uma tentativa, ao passo que o técnico do Nacional guardou as suas para gastar tempo."

Em resposta às questões dos "caprichos de Scolari": "O Porto é Portugal e se para o ano vão estar tantas equipas portuguesas na Taça UEFA, deve-se aos pontos conquistados por nós. O Porto já ganhou muita coisa."


This page is powered by Blogger. Isn't yours?