<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, fevereiro 26, 2004

Benni McCarthy: «Espero ser o suficiente para me desculparem»

Uma exibição de luxo, coroada com a obtenção de dois golos de antologia, que serviram para derrubar o famoso Manchester United. Foi esta a forma encontrada por Benni McCarthy para se redimir da saída nocturna da semana transacta.

O internacional sul-africano admitiu que entrou no Estádio do Dragão com a intenção de apagar o triste episódio, do qual preferiu não falar. "Isso é coisa do passado, o mais importante é ter estado cem por cento concentrado neste grande jogo. Cumprido o castigo, tinha de fazer uma coisa muito especial para a minha equipa, pois havia faltado um pouco ao respeito aos meus colegas. Sentia-me em dívida, mas essa questão agora já está ultrapassada. Espero que hoje tenha feito o suficiente para que me desculpem. Já agora, espero repetir a exibição em Old Trafford", explicou o avançado portista.

A partida não podia ter corrido melhor ao avançado portista, que bateu duas vezes Tim Howard, o categorizado guarda-redes americano do Manchester United. Satisfeito por ter sido um verdadeiro pé quente, McCarthy optou por analisar o encontro dos oitavos-de-final da Champions sob o ponto de vista do colectivo. "O FC Porto jogou muito bem frente a uma das melhores equipas da Europa. Realizámos o que o treinador nos havia solicitado. Todos fizeram o que lhes competia. É sempre excelente conseguir marcar dois golos. Acaba por ser um prémio, ainda por cima diante de um adversário da qualidade do United", referiu o sul-africano.

Record.pt





This page is powered by Blogger. Isn't yours?